Usiminas poderá implantar nova usina em Seropédica


Compartilhe isso:
Facebook
Twitter
Google+
https://www.seropedicarj.com.br/usiminas-podera-implantar-nova-usina-em-seropedica/
LinkedIn
Acompanhe pelo Email
RSS

Título Original: Rio terá mais uma usina siderúrgica
O RIO DE JANEIRO entrou na disputa com São Paulo e Minas Gerais e pode receber mais um grande projeto siderúrgico. O grupo Usiminas iniciou negociações com o governo do Estado e deve optar pela cidade de Seropédica, na Baixada Fluminense, próxima ao Porto de Itaguaí, para implantar a sua nova usina siderúrgica, um gigantesco projeto de US$ 3 bilhões. Só depende da governadora, Rosinha Matheus, conceder os incentivos solicitados.

Na região onde a empresa pretende implantar a usina, já está em construção uma outra voltada para a exportação do grupo ThyssenKrupp, associado à Companhia Vale do Rio Doce, e uma outra da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). Se as três usinas forem implantadas, o Rio vai se transformar no Estado com a maior produção siderúrgica da América Latina, com mais de 21 milhões de toneladas.

São Paulo ou Minas
A nova siderúrgica do grupo Usiminas rondou São Paulo e Minas Gerais, onde os governos ofereceram incentivos. Em São Paulo, a empresa cogitou fazer a nova unidade como um programa de expansão da Cosipa. Em Minas Gerais, a expansão seria da Usiminas.


Ponto para o Rio

O projeto do Rio de Janeiro é inteiramente diferente. A empresa receberia uma área imensa, que funcionaria como um retroporto, podendo adicionar outras unidades industriais voltadas para a exportação. Além disso, a empresa receberia uma área dentro do Porto de Itaguaí, que fica a cinco quilômetros da região preparada para receber a siderúrgica. O espaço é atendido pelo porto, ferrovia e um complexo de rodovias, e estaria dentro de um conjunto de siderúrgicas voltadas para a exportação.

Explosão do Rio
O Rio já tem em andamento outros projetos de investimentos no setor siderúrgico. A CSN, por exemplo, está realizando um programa de expansão de sua siderúrgica em Volta Redonda. O grupo Gerdau trabalha na expansão do de sua siderúrgica em Campo Grande, investindo US$ 500 milhões. Em Barra Mansa, o grupo Votorantim já iniciou as preliminares para construção de outra siderúrgica.


Pólo de Aço

Só com os projetos já existentes, o Rio já estava se transformando no maior centro de produção e exportação de aço. Agora, com a possível vinda dessa nova unidade, vai se transformar na maior plataforma de exportação de produtos siderúrgicos da América Latina.

Fonte: JB Online

Compartilhe isso:
Facebook
Twitter
Google+
https://www.seropedicarj.com.br/usiminas-podera-implantar-nova-usina-em-seropedica/
LinkedIn
Acompanhe pelo Email
RSS

Marcos Vinícius Monteiro

Analista de Sistemas, formado pela Universidade Estácio de Sá, atualmente, especializado em Produção de Vídeo Marketing, Assessoria Política e na área de Informática, em Desenvolvimento de sistemas, gerenciamento de redes, Desenvolvimento Web e Manutenção em hardware em Geral. Trabalha com mídias sociais, marketing, produção de vídeos e matérias jornalísticas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *