Trabalhadores da Termoelétrica da Baixada paralisam atividades


Compartilhe isso:
Facebook
Twitter
Google+
https://www.seropedicarj.com.br/trabalhadores-da-termoeletrica-da-baixada-paralisam-atividades/
LinkedIn
Acompanhe pelo Email
RSS

Operários da obra de ampliação da Usina Termoelétrica da Baixada, da Petrobrás, em Seropédica entraram em greve nesta sexta-feira (12). Após a paralisação de um dia na última quarta-feira, em função da demissão de um funcionário, os trabalhadores voltam a protestar. A assessoria de imprensa da Petrobrás afirma que a obra é de responsabilidade da empreiteira sueca Skanska, que deverá responder aos protestos.

A Petrobras fechou contrato com a empresa sueca Skanska, responsável pela implantação da termelétrica Baixada Fluminense
A Petrobras fechou contrato com a empresa sueca Skanska, responsável pela implantação da termelétrica Baixada Fluminense

O pintor industrial Carlos Alberto Oliveira da Silva, da comissão de fábrica do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de Nova Iguaçu, disse que, além da readmissão do demitido, a categoria cobra o pagamento de adicional de 30% de periculosidade e equiparação salarial aos empregados das empreiteiras que trabalham para a Petrobras no Comperj, em Itaboraí.

Fonte: Jornal Atual

Compartilhe isso:
Facebook
Twitter
Google+
https://www.seropedicarj.com.br/trabalhadores-da-termoeletrica-da-baixada-paralisam-atividades/
LinkedIn
Acompanhe pelo Email
RSS

Marcos Vinícius Monteiro

Analista de Sistemas, formado pela Universidade Estácio de Sá, atualmente, especializado em Produção de Vídeo Marketing, Assessoria Política e na área de Informática, em Desenvolvimento de sistemas, gerenciamento de redes, Desenvolvimento Web e Manutenção em hardware em Geral. Trabalha com mídias sociais, marketing, produção de vídeos e matérias jornalísticas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *